Educação sentimental

Ela tirou a roupa devagar. A bota, as meias, a calça jeans. A blusa estava apertada, enroscou no braço, depois no ombro, passou com dificuldade pela cabeça. O sutiã era o mesmo velho de sempre. Tão surrado e encardido que se mesclava ao próprio corpo. Tirou tudo com cuidado, dobrou, mas depois jogou num canto qualquer do banheiro. A calcinha ela deixou. Era bonita. De uma renda branca muito da fina. Presente da mãe.

Sentado na cama, ele gritava. Em uma das mãos, o copo de uísque. Na outra, a cueca, que jogou em sua cara assim que ela entrou no quarto. “Pensa que eu tenho a noite toda?”

As luzes estavam acesas e dava para ver a infiltração na parede do lado da cama. O lustre era daqueles antigos, circulares, com verdes e vermelhos bem fortes, que criavam nuances na cama. Ela andou devagar, apesar dos berros, e não sabia direito o que fazer com as mãos. Se perguntou se devia ter prendido o cabelo, ou lavado mais o rosto, ou mesmo se devia ter tirado a roupa na sua frente.

Quando chegou perto, ele lhe bofeteou a cara. “Com esse corpo nojento, você acha que vou te querer?” Nessa semana ela havia emagrecido tudo que conseguia. Uma dieta de líquidos, chegou mesmo a desmaiar. E se demorara bastante no banho daquele dia. Mas ainda não estava bom.

Deitou-se resignada. Já sabia o que vinha pela frente. Não era a primeira vez. Ele bateu com força, muita, chegou mesmo a deixar marca. Ela não se importou, aprendeu desde criança que era assim. Ele gozou. Ela virou para o lado, dormiu, e no dia seguinte se levantou antes dele para preparar o café.

~ por Lúcia Nascimento em 18/07/2009.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: